domingo, 28 de agosto de 2016

RIO 2016 PROPORCIONOU AO PAÍS MAIOR GANHO DE MEDALHAS DE OURO DA HISTÓRIA

A torcida brasileira nas ruas
(Foto captura via PC do site Rio 2016)
As olimpíadas no Brasil teve um saldo positivo, segundo o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, que disse à reportagem ter ficado com a consciência do dever cumprido. ”Ganhar medalhas é a melhor coisa do mundo, mas chegar perto mostra que o resultado foi bem feito”, avaliou Nuzman. O país conseguiu a melhor marca de todos os Jogos que participou, com as 19 medalhas, sendo sete de ouro. A expectativa do COB era de que o país conquistasse pelo menos a décima colocação; ficou na décima segunda, na frente da Espanha (16ª). 
O retrospecto das últimas olimpíadas mostra uma evolução: em 2008, em Pequim, foram 16 medalhas, sendo três de ouro; em 2012, nos Jogos de Londres, foram 17 medalhas, mantendo as três ouros. O ganho de ouro nesta olimpíada teve “um gosto diferente” segundo comentaristas do Rádio devido à conquista inédita da medalha de ouro pelo futebol masculino. Por pouco, conforme ainda os comentários, as mulheres, que disputam a bem menos tempo, não saem na frente.
O Brasil continua muito atrás dos Estados Unidos, Rússia e Canadá, para citar alguns, quando se trata de medalhas, mas fica um saldo positivo: a olimpíada realizada em terras brasileiras foi a que proporcionou maior ganho de medalhas de ouro da História. O que foi um grande avanço.
Enquanto o país continuar a investir tão pouco no esporte, vamos permanecer nesse patamar. Atletas precisam sair do país ou muitas vezes contar com o apoio de empresários para conseguir realizar seus sonhos. Resta-nos torcer, não somente pelos nossos atletas, mas por um investimento maior no esporte e em nossos atletas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário