sexta-feira, 20 de maio de 2016

10 MILHÕES DE PESSOAS PODEM MORRER EM 2050 PELA INEFICÁCIA DOS ANTIBIÓTICOS

Foto copiada do site Notícias R7, da TV Record -
Em 2050 mais de 10 milhões de pessoas, por ano, poderão estar morrendo por causa das bactérias resistentes aos antibióticos. A informação foi divulgada por pesquisadores indicados pelo governo britânico e divulgada ontem (19) na capital Londres, na Inglaterra. A imprensa vem anunciado essa resistência bacteriológica, com mais intensidade, desde o começo da segunda década deste milênio.
- É preciso que isso se torne uma prioridade para todos os chefes de Estado, afirmou o economista, que elencou uma lista de medidas para enfrentamento do problema. Uma das medidas, seria uma mudança drástica na forma de uso dos antibióticos. O'Neil afirma que o consumo excessivo e o mau uso favorecem a resistência das chamadas super-bactérica.
Conforme uma reportagem de novembro passado, da revista cientifica Lancet, se as bactérias se tornarem completamente imune aos antibióticos e a todo o tipo de tratamento, o mundo entrará no chamado "apocalipse antibiótico", com retorno da humanidade ao período da Idade Média.

Nenhum comentário:

Postar um comentário