quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

ARMAS QUÍMICAS VÊM SENDO USADAS PELO ESTADO ISLÂMICO NOS CAMPOS DE BATALHA

John Brennan CIA official portrait.jpg
Foto de John O. Brennan
 extraída da Wikipédia
O Estados Unidos divulgaram neste segundo semestre que o Estado Islâmico fez uso por várias vezes de armas químicas nos campos de batalha no Iraque e na Síria. E que o grupo extremista tem poder de fabricação de cloro e gás mostarda, que provoca irritação nos olhos e ferida na pele, podendo até matar, no caso de ingestão. A denuncia foi feita por John Owen Brennan, diretor da CIA (Agência de Inteligência dos EUA).
A alerta que a CIA vem a público fazer e pela possibilidade do grupo tentar também vender armas para o Ocidente, com fins financeiro. Por isso, Brennan acha fundamental o corte das rotas de transporte e de contrabando normalmente utilizado pelo grupo.
Além de John Brennan, o  conselheiro do Presidente Barac Obama, James Clapper, fez comentários semelhantes, informando ser a primeira vez que um grupo extremista produz e usa um agente de guerra químico desde o ataque com gás sarin, em 1995, no metro de Tóquio, no Japão.

Fonte : Agência Brasil -

Nenhum comentário:

Postar um comentário