quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

UBUNTU É MUITO MAIS QUE UM EXEMPLO DADO POR UM GRUPO DE CRIANÇAS AFRICANAS

Desde que o Blog foi criado, tenho procurado manter uma organização, com publicações de segunda à quinta-feira de matérias gerais políticas, culturais, e de curiosidades, etc.. As sextas foram reservadas para assuntos da área médica. Nos sábados e domingos procuro sempre postar textos na primeira pessoa, quase sempre de minha autoria. Nos feriados, tentei fazer igual, mas, não deu muito certo.2015 foi um ano de poucas publicações. Espero em 2016 dar uma dinâmica diferente.Neste 31 de dezembro, Dia da Esperança e das Devoluções, trago um texto, que muitos já devem conhecer, com uma palavra como titulo - UBUNTU - uma filosofia de tribos.  Vou logo, direto ao assunto:
Um antropólogo que estudava os hábitos e os costumes de uma tribo africana, certo dia, cercado de crianças, decidiu fazer uma brincadeira  com elas (penso, ao meu entender, um teste). 
Colocou doces em uma cesta decorada ao pé de uma árvore, sugerindo que as crianças disputassem aquele filão. Ele daria um grito de “já” e a que chegasse primeiro, seria a dona de todos os doces. 
A brincadeira foi exposta e para sua surpresa, após o seus sinal, as crianças, já alinhadas, pegaram umas às outras pela mão e correram em conjunto em direção à árvore. E juntas, tomaram a cesta, dividiram os doces por igual, sentaram-se e se fartaram felizes.
Silêncio.
Estupefato, surpreso, intrigado, o estudioso das relações humanas, ainda quis saber porque tinham as crianças procedido daquela forma, se, ao contrário, qualquer uma delas poderia ter ficado com todos os doces. 
Silêncio.
As crianças responderam: “Ubuntu. Como pode qualquer um de nós estar feliz, se todos os outros estão tristes?” Mais tarde, descobriu que a palavra "Ubuntu" é uma filosofia das tribos africanas que pode ser resumido como “Eu sou o que sou por causa de quem todos nós somos.” 
Silêncio.
Ah! Se todos nós fossemos por todos; ou se todos fossem por um; ou se fossemos, simplesmente, por ser igual e desejar ser igual e que a igualdade fosse para todos? Ou, se fossemos irmãos verdadeiros? Vamos ficar aqui o ano inteiro procurando palavras.
As crianças deram o exemplo. Amanhã, primeiro de janeiro, é dia Paz Mundial e Fraternidade Universal, Dia de Ação de Graças. Ubuntu para você! E para o mundo... silêncio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário