quarta-feira, 23 de julho de 2014

HÁ 12 ANOS CAPOEIRA UNE BARRAMANSENSES E FRANCESES

Voluntárias francesas no Encomem  em Jul de 2013
Estudantes de capoeira franceses estão em Barra Mansa, como parte do projeto de intercâmbio do Abadá-Capoeira, que há 12 anos traz estrangeiros para conhecer o Brasil. Eles foram recebidos pelo prefeito do município, Jonas Marins, e convidados para uma apresentação na Flumisul (Feira de Negócios do Sul Fluminense.
O grupo francês se intitula Batukavi e vai atuar junto com o Abadá na Feira, segundo reportagem de o jornal A Voz da Cidade. O responsável pelo grupo Abadá-Capoeira, Luis Carlos Rocha, o mestre Pretinho, disse à reportagem que trazer os estrangeiros à cidade é um sonho antigo.
Segundo ele, em Barra Mansa não tem praia, nem o Cristo Redentor, mas tem a beleza natural da região e os profissionais qualificados na arte. O mestre de capoeira dos franceses, Willy Lavastre, ressalta que o intercâmbio tem sido positivo para o desenvolvimento dos alunos.
Desde a passagem do padre Tiago Purpan por Barra Mansa, um dos idealizadores, junto com a comunidade, da Associação Encomem, no bairro N.S. de Lourdes - que sempre teve o Abada-Capoeira como parceiro, que os franceses vêm à cidade como voluntários, aliando o comprometimento com a causa juvenil com a arte da capoeira.
Foto: Arquivo Pessoal -

Nenhum comentário:

Postar um comentário