quinta-feira, 6 de março de 2014

FENÔMENO IGUAL AO "EL NIÑO" PODE OCORRER ESTE ANO

Um novo estudo revela que existe uma probabilidade de, pelo menos, 76% de um fenômeno El Niño no final de 2014. Ele remodelaria os padrões climáticos globais por um ano ou mais, aumentando as chances de que 2015 seja o mais quente desde o início dos registros de clima, no século XIX. 
A pesquisa  foi divulgada pela revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS) e fala sobre um evento que poderia afetar todo o mundo por meio dE mudança nas correntes atmosféricas.
O El Niño é um fenômeno causado pelo aquecimento das águas do Oceano Pacífico e pela redução de ventos na região equatorial. O resultado são precipitações e secas anormais em diversas partes do globo, além de aumento ou queda de temperatura.
A pesquisa  se baseia em um estudo apresentado em 2013, que propôs pela primeira vez um novo método de previsão do El Niño.O El Niño causa  precipitações e secas anormais em diversas partes do globo, além de aumento ou queda de temperatura.
Hoje, os cientistas podem prever de forma confiável o início e a gravidade do evento somente seis meses antes de ele acontecer. E, para piorar, esse tempo pode diminuir: cortes recentes de orçamento para boias que monitoram o oceano devem piorar a previsão.
Texto adaptado extraído do blog SOS Rios do Brasil - Publicado na Revista Galileu na primeira quinzena de Fevereiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário