segunda-feira, 16 de setembro de 2013

CORREIOS TESTAM MOTOS ELÉTRICAS NAS ENTREGAS

O Jornal da Band noticiou que carros elétricos começam a ganhar espaço no Brasil, porém, uma das barreiras vem sendo o alto custo. Foram apresentados os novos modelos que estarão no mercado em 2014, no último dia 10, na 1ª Feira Internacional de Veículos Elétricos no Brasil. A novidade da reportagem é que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) vem testando motocicletas elétricas.
Os carteiros motorizados trabalham a favor do meio ambiente, pois as motos não poluem nem fazem barulho e têm uma velocidade máxima de 70 quilômetros. A recarga, que substitui o abastecimento, é feita na hora do intervalo para o almoço. Segundo a reportagem, no Brasil circulam cerca de dois mil veículos elétricos, porém no sistema híbrido: rodam com combustíveis comuns ou bateria.
O mercado dos elétricos ainda é pequeno no país, se comparado com países como o Japão e os Estados Unidos, onde a frota corresponde a, respectivamente, 11% e 4% do total circulante nos dois países. Na reportagem, o professor de engenharia da USP, Marcelo Alves, revela que no exterior os carros elétricos são subsidiados por redução de impostos, o que no Brasil ainda não há. Além de que não existe nenhuma fabrica nem de veículos elétricos, nem de componentes, como bateria e etc.
A distribuição de cartas e encomendas já vinha sendo feita por meio de motocicletas elétricas desde o começo do ano pelos Correios, em Belo Horizonte/MG, Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS). A ECT conta com uma outra atividades sustentável, que é a coleta seletiva solidária, que visa a separação dos resíduos recicláveis descartados como papel, vidro, plástico, metal e orgânicos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário