quinta-feira, 22 de julho de 2010

A INFÂNCIA É A ÉPOCA MAIS LINDA DA VIDA

O diário de Anne Frank foi publicado em 1947 como "O diário de uma menina". Escrito quando Anne era ainda uma adolescente, descreve a vida de sua família se escondendo durante a Segunda Guerra Mundial. Eles eram judeus. Depois de ficar dois anos confinada no sótão de uma casinha em Amsterdã, capital da Holanda, a família foi encontrada, levada para um campo de concentração e morta pelos nazistas. Apenas seu pai sobreviveu. O diário foi traduzido em mais de cinquenta línguas.

Em 1993, o mundo conheceu uma versão moderna de Anne Frank. Uma garota bósnia chamada Zlata Filipovic escreveu um diário entre Setembro de 1991 e Outubro de 1993. Nesse diário, que ele chama de Mimmy, Zlata conta os horrores dos ataques sérvios que destruíram a Bósnia-Herzegovina, parte da ex-Iugoslávia. Escreve sobre o porão escuro e gelado onde se escondiam para escapar dos tiroteios, do racionamento de comida, da falta de água, luz e gás.

A primeira parte do livro foi lançada em servo-croata pela UNICEF, numa edição de poucos exemplares, com circulação local. Uma editora francesa se interessou pelo diário e, em poucos meses, vendeu 200 mil exemplares. Pouco antes do Natal de 1993, Zlata, então com treze anos, e seus pais receberam autorização para deixar Sarajevo, capital da Bósnia e foram morar em Paris.
Um trecho do Diário de Zlata, lançado no Brasil em 1994: “Ouvi dizer que a infância é a época mais linda da vida. Eu estava feliz de viver minha infância, mas essa guerra me tomou tudo. Por quê?”

Texto extraído na íntegra (p.436) do livro Guia dos Curiosos, de Marcelo Duarte. EDITORA SCHWARCZ LTDA – Rua Tupi, 522 01233-000 – são Paulo/SP – Ano 1995

Nenhum comentário:

Postar um comentário