sábado, 5 de novembro de 2016

NOVIDADES EM UM POTE, CARRO OU UTENSÍLIO QUE ÀS VEZES NÃO SÃO APROVEITADAS

Muitas vezes, por não ler o rótulo dos alimentos industrializados - em lata,  plástico ou vidro, fazemos mau proveito das coisas. Isto acontece também quando ignoramos o manual do carro ou de um utensílio recém-comprado. É parecido com não saber a língua de um país. Nesse caso, não deixamos de ter a informação, mas, podemos comprar "gato por lebre".
A exemplo de uma família brasileira nos Estados Unidos que entrou em uma loja de Alimentos para Cães  e saiu com um pacote de ração, achando ser biscoito. Fato real, já comentado aqui no blog, em outro postagem. 
Todavia, saibam o acontecido hoje em família. Minha esposa incluiu, entre as compras de mês, um desses vidros de novidades (novidades para nós), manteiga de coco. Enquanto experimentava no pão (e ela nos biscoitos de sal), eu passava os olhos nas informações do rótulo. "Está manteiga preserva todas as características nutricionais durante o processo de fabricação, aliando textura e sabor inconfundíveis do coco à uma alimentação saudável." Era mesmo bom, mas, eu estava intrigado com conteúdo parecido com pomada. Noto que a parte debaixo da pasta tem uma cor diferente.
Minha esposa sai para um curso na igreja e continuo meu café. Tomo o pote e resolvo ler todas as informações. "Sem Glúten"; "Creme 100% de coco integral". Rodo o vidro: "Passe no pão, nas torradas ou use na preparação de diversos pratos, como  leite de coco, moquecas, purês, doces e vitaminas".
Epa! "Solidifica abaixo de 25ºC. Para obter uma consistência mais cremosa, derreta em banho-maria. Em dias de temperaturas mais altas, ocorre a separação natural do óleo de coco e as fibras se concentram no fundo do recipiente. Nesse caso, misture bem antes de usar".
Descoberta do ovo de colombo. Eu e minha mulher tínhamos raspado a crosta brilhosa de cima, onde se concentrava óleo de coco. Depois do banho-maria, misturei a polpa com uma colher e o produto tornou-se um creme mais atrativo, de uma só cor. Essa sim, acredito, foi a "novidade" do pote de manteiga de coco. Outras estão porvir neste mundo corrido, onde a tecnologia não nos dá tempo de aprender as inovações. Neste  momento, tem alguém trocando seu Smartphone por um mais moderno, sem nunca ter lido as informações do manual. Certamente não aproveitou nem 60% do que este bem anterior oferecia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário