sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

“AEDES AEGYPTI DO BEM” TESTADO EM PIRACICABA REDUZ LARVAS DO MOSQUITO

Mosquito Aedes aegypti
Foto: EBC - Agência Brasil
Em Piracicaba-SP, cidade fundada as margens do Rio Piracicaba, o "aedes aegypti do bem" começa a ser testado. A imprensa noticia que a quantidade de larvas do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya diminuiu em 82% em bairros do município.
Um dos bairros, o Cecap/Eldorado, foi escolhido para o teste por ter sido o mais atingido pela dengue no verão de 2014-2015. Em todo o município, que havia ocorrido 50 casos no período, foi registrado apenas 1 caso.
O teste consiste na liberação no meio ambiente de mosquitos machos, mudados geneticamente em laboratório, que não picam as pessoas e trazem um gene que mata seus filhotes ainda quando larvas.
A Secretaria de Saúde de  Piracicaba disse que a experiência começou em abril de 2015 e que a população beneficiada chegou a 5 mil pessoas. A ideia e estender o experimento à região central da cidade e beneficiar de 35 mil a 60 mil habitantes.
A experiencia surgiu de um projeto feito entre a prefeitura de Piracicaba e a empresa Oxitec do Brasil, que produz os seus mosquitos machos em seu laboratório, em Campinas-SP.
Com base em reportagem do site EBC - Agência Brasil -

Nenhum comentário:

Postar um comentário