sexta-feira, 31 de julho de 2015

ALUNOS INVENTAM CADEIRA DE RODAS MOTORIZADA, COM SENSORES, DE BAIXO CUSTO

cadeira de rodas
Uma cadeira de rodas motorizada de baixo custo, no valor de menos R$ 2, foi criada por alunos do curso técnico de eletrônica do Colégio Estadual Prefeito Francisco Torres, no bairro Casa de Pedra, em Volta Redonda. A novidade é que a cadeira possui sensores na parte dianteira e traseira que faz soar um sinal sonoro, como um apito, caso haja algum objeto obstruindo a passagem.
A notícia foi dada pelo jornal Diário Vale. O invento surgiu a partir de um trabalho de conclusão de curso, onde foram reaproveitados materiais, como uma cadeira estofada, partes de um motor e bateria de carro. 
Na invenção, os alunos fizeram testes com um morador do bairro e pensam em prosseguir com novas cadeiras, que possam ser doadas às pessoas necessitadas. Não pretendem doar o invento, pois querem fazer ainda alguns ajustes.
Como a ideia deu certo, Eduardo Fazollo, Willian da Silva, David Marcelino, Ana Alice dos Santos, Erlei Silva e Fabiana Batista querem leva-la à diante, buscando empresários que queiram investir no projeto. O grupo construiu a cadeira em 40 dias e desde o principio tinha mente inventar algo que ajudasse a população. Sabia que, no mercado, uma cadeira simples, sem motor, não custava menos de R$ 900. E que qualquer cadeira elétrica  nova, não é encontrada por menos de R$ 10 mil.
Fonte e Foto: Jornal Diário do Vale -

Nenhum comentário:

Postar um comentário