domingo, 22 de fevereiro de 2015

SEBASTIÃO SALGADO É A REFERÊNCIA BRASILEIRA NO OSCAR AMERICANO

Sebastião Salgado, fotógrafo brasileiro que começou a registrar imagens aos 30 anos, depois de ser presenteado com uma máquina pela mulher Lélia, será um espectador ansioso na entrega do Oscar. O filme “Sal da Terra”, que revela a vida e obra do fotógrafo concorrem na categoria DE de melhor documentário de longa metragem. 
Segundo Sebastião Salgado, a produção, com fotos de diversos recantos do planeta, conta também a vida da família em Minas Gerais e traz recordações do pai, conforme lembrou o próprio Salgado. O trabalho começou na França e foi concluído em Berlim, na Alemanha. 
O fotografo mais conhecido no mundo, disse que o prêmio não é seu, mas do filho Juliano Ribeiro Salgado, que se empenhou no projeto e o produziu com a ajuda do alemão Wim Wenders (Pina). O filho de Salgado foi criado na França pelos pais, que foram para a Europa, em 1969, fugindo da ditadura militar brasileira.
À reportagem das organizações Globo ele disse ter ficado altamente emocionado: "eu senti uma grande emoção pelo meu filho.O Oscar é para eles (Juliano e Wim), que realizaram o filme".

Nenhum comentário:

Postar um comentário