segunda-feira, 28 de abril de 2014

FOLHA DE SÃO PAULO TROCA OMBUDSMAN PERTO DA COPA

Estréia hoje (28) na Folha de São Paulo nova Ombudsman: a jornalista Vera Guimarães Martins, que fica no cargo por um ano. Ombudsman deve fazer críticas ao próprio órgão onde trabalha. Suas opiniões não precisam ser as mesmas da direção de Redação do Jornal e ao deixar a função, goza de estabilidade por seis meses.
Durante a semana, ele encaminha as queixas dos leitores, fazendo diariamente também uma crítica interna, concluindo no fim de semana com artigo publicado na edição de domingo.
“Na Folha, a autocrítica constante ajuda a manter a objetividade e o equilíbrio como metas, mas não impede que os erros aconteçam numa frequência maior do que todos desejaríamos. Embora muitos duvidem da independência do Ombudsman, cada linha foi escrita com total liberdade. Erros e acertos são de minha inteira responsabilidade”.
Aqui, anunciando sua saída, partes do texto da publicação de domingo (27) da Ombudsman Suzana Singer, que está deixando o cargo.
Vera Guimarães (Foto reproduzida da Folha (27/04/2014)
A Folha trouxe a apresentação de Vera Guimarães, que vai logo anunciando “um grau extra de dificuldade”, por causa da Copa do Mundo no Brasil e as eleições presidenciais. Segundo ela, ainda falando da Copa, em comparação com o Mundial de 1950, quando o país perdeu, no Maracanã para o Uruguai: "este não é só a capacidade do Brasil que será testada, mas a do nosso jornalismo também”.
A Folha de São Paulo foi o primeiro jornal a criar o cargo de Ombudsman, em 1989, enquanto várias transformações ocorriam pelo mundo, inclusive a queda do Muro de Berlim. O mandado do profissional pode ser renovado anualmente, porém ao fim de quatro anos consecutivos, o profissional deverá dar lugar a outro. Foi o caso de Suzana Singer, que vinha na função desde 2010.
Há quase 25 anos no jornal, Vera Guimarães era assistente de Redação, responsável por cadernos especiais e edições de domingo. Ela será a 11ª Ombudsman da Folha.
Segue a lista de jornalistas que passaram por este cargo de crítico da linha jornalística do órgão e representantes dos leitores: Caio Túlio Costa, Mario Vitor Santos, Junia Nogueira de Sá, Marcelo Leite, Renata Lo Prete, Bernardo Ajzenberg, Marcelo Beraba, Mário Magalhães e Carlos Eduardo Lins da Silva.
 - Com base em reportagem em Folha de São Paulo de 27 de Abril de 2014 -

Nenhum comentário:

Postar um comentário