terça-feira, 4 de março de 2014

SAAE DE BARRA MANSA POSSUI DÍVIDA IMPAGÁVEL DA ETA

O Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) de Barra Mansa tem uma dívida com a União de R$ 39 milhões "que é impagável", conforme um vereador do PMDB em tribuna e nota do gabinete da deputada estadual Inês Pandeló. A reportagem do jornal barra-mansense A Voz da Cidade ouviu o diretor executivo da autarquia, Horácio Delgado - há menos de dois anos no cargo, que passou as informações com exclusividade, revelando ter ido a Brasília por esses dias para tentar renegociar o débito.
A dívida refere-se a um empréstimo feito pela prefeitura do município no final da década de 1980 para a construção da ETA (Estação de Tratamento de Água) Nova.
- Estamos escravos da dívida, disse o diretor executivo, que tem uma preocupação: com uma prestação não paga, o nome da cidade é incluso no CAUC (uma espécie de SPC da União), ficando o poder público impedido de receber recursos do governo federal.
E ele diz mais: para dobrar a capacidade da atual ETA Nova, é necessário o investimento de R$ 20 milhões, valor bem abaixo da dívida. 
Outra questão levantada na reportagem é que a dívida, parcelada no governo da deputada, pode chegar até a um valor R$ 105 milhões em 2030, quando acaba o parcelamento.
A prefeitura, em 14 anos,  já pagou o referente R$ 38 milhões do financiamento e na avaliação de técnicos, o valor quitado daria para construir hoje duas Estações de Tratamento.
Durante apuração da reportagem, o jornal tentou contato com os ex-prefeitos, mas nenhum dos dois retornou as ligações. A deputada garante em nota se colocar a inteira disposição do poder público para ajudar na solução do problema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário