segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

"SIRENAÇO" LEMBRA OS MORTOS EM SANTA MARIA DO SUL

Mais de 500 pessoas, segundo a Brigada Militar, protestaram em frente ao prédio onde funcionou a casa noturna Boate Kiss, na madrugada de 27 de janeiro, em Santa Maria (RS). Conforme a reportagem da GloboCom "lágrimas, indignação e pedidos de justiça marcaram o ato". Por volta das 3h, batendo com o horário aproximado de quando ocorreu o incêndio há um ano, os participantes promoveram um "sirenaço".
Familiares participaram do evento batendo palmas e soltando balões brancos. "Acorda, Santa Maria, quebrando o silêncio", foi o nome dado a iniciativa organizada pelo movimento SM do Luto à Luta, que reúne familiares de vítimas e teve como objetivo "despertar" a cidade, em vários sentidos.
Antes do protesto, os participantes pintaram no asfalto a silhueta de 242 corpos, representando cada uma das vítimas da tragédia, cobrindo quase que completamente o chão da Rua dos Andradas. Um grande coração branco foi pintado na frente da entrada da danceteria. Ali, os familiares depositaram uma rosa branca e velas acesas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário