quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

CROCHÊ ORNAMENTA ÁRVORES REAIS NO NATAL CEARENSE

O crochê foi a matéria prima principal da decoração de natal em árvores na natureza de São Gonçalo do Amarante, no Sertão do Ceará. O Jornal Nacional mostrou a arte inovadora das mulheres cearenses que "precisaram fazer crochê de um jeito nunca feito antes, apesar de toda a experiência". As trabalhadoras sobrevivem do crochê e a iniciativa de enfeitar as árvores surgiu entre as associadas que vendem peças para todo o país.
Uma das artesãs contou na reportagem que têm dois filhos e que hoje tem uma casa mantida à custa do crochê. Mesmo assim, as mulheres colocaram as mãos na linha e agulha para fazer o que o repórter Carlos Marlom, da Globo, chamou de “Reinvenção da Árvore de Natal”. “A arte, moldada na natureza, tingiu a praça de enfeites multicoloridos”, disse o repórter.
Foram enfeitadas e decoradas mais de dez árvores e para tricotar e cobrir o tronco e galhos com as linhas multicoloridas precisou-se tirar a medida das árvores, a exemplo de como se mede uma pessoa na hora de fazer sua roupa. As árvores ficaram vestidas e teve uma que servirá para Copa de 2014, toda tricotada em verde e amarelo. Uma outra exaltou a preservação ambiental.
- Uma das mensagens é dizer que estamos aqui, que somos crocheteiras e que trabalhamos com crochê. A segunda intenção é mostrar que a gente também se preocupa com ecologia, disse à reportagem da Globo a presidente da associação das crocheteiras, Maria da Conceição Juvêncio Souza, mostrando o invólucro "cuida de mim", bordado em um tronco.
Conforme pode ser visto na reportagem, à noite a iluminação nas arvores decoradas para o Natal destacam a harmonia entre a arte e a natureza.

Com base em reportagem de Carlos Marlom e Alessandro Torres para o JORNAL NACIONAL -

Nenhum comentário:

Postar um comentário