terça-feira, 5 de novembro de 2013

SOB PROTESTO AVALIAÇÃO BÁSICA NACIONAL VEM AI

Nos próximos dias 11 e 22 de novembro acontece a aplicação da Prova Brasil de 2013. Participam da Prova e da Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb) – mais conhecida como Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), os alunos do 9° ano do Ensino Fundamental e do 3° ano do Médio. Este ano, os estudantes serão avaliados em Ciências, além das tradicionais disciplinas Língua Portuguesa e Matemática. A inclusão, da forma como foi, gerou polêmica. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) avalia que faltou um debate mais amplo com a sociedade, em especial, os educadores.
Uma vez que, o objetivo é verificar o desempenho dos estudantes e, com essas informações, elaborar políticas públicas para melhorar a qualidade do ensino, o debate deveria ter ocorrido. A reclamação se faz também, porque desde que foi divulgada a inclusão pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, os detalhes vêm sendo divulgados as conta-gotas. E ainda, as questões que serão usadas nas provas foram elaboradas no primeiro semestre, se que houvesse uma consulta pública para referendar as matrizes de referência.
O Inep alega ser preciso conhecer o desempenho dos alunos de cada escola. Mas se o exame será um piloto, como aparece no texto divulgado pela Portaria 304, publicada no Diário Oficial da União, não seria melhor aplicar a prova, que será realizada em dois dias, apenas nas escolas que participam da Aneb?
Outro problema: os alunos do 5º ano não serão avaliados em Ciências nesta edição da prova. Se a proposta é analisar o desempenho, é importante saber com quais conhecimentos os alunos terminaram o primeiro ciclo do ensino fundamental.

Fonte: Revista Escola, edição de outubro de 2013 – págs. 18 e 20 -

Nenhum comentário:

Postar um comentário