domingo, 21 de julho de 2013

O TROVADOR É IMORTAL, JÁ DIZIA JORGE ARMADO

Em dezoito Julho foi comemorado o Dia Nacional do Trovador. Encontrei esse conceito de “trova” e achei importante divulgar. Afinal, Jorge Amado, que não era essencialmente um trovador, imortalizou essa frase; “Fazer trovas faz bem. A trova e o trovador são imortais”.

Trova é uma composição monostrófica, formada de 4 versos que condensam todo o pensamento ou emoção. É a forma preferida pela lírica popular, mas também cultivada largamente por poetas de renome. Mas o que é uma trova? É apenas um pequeno poema, de 4 versos, medindo cada verso 7 sílabas. Eis uma forma que se fixou pela consagração popular. Há quadras com qualquer número de sílabas, de 1 a 12. Não são trovas, entretanto. A trova é uma redondilha maior, ou seja, em versos de 7 sílabas. Como a “enquadrou” Lilinha Fernandes:

É a trova em seu natural
mordaz, alegre ou dolente,
lindo trecho musical
de quatro notas somente. 

 
( J.G, de Araújo Jorge, in introdução às “Trovas”, de Ademar Tavares, Rio de Janeiro , 1961), Teoria literária, Hênio Tavares, Ed. Itatiaia, Belo Horizonte, 1974.                                                                                                                                                                           

Nenhum comentário:

Postar um comentário