quinta-feira, 16 de maio de 2013

FERROVIAS SÃO MAIS IMPORTANTES QUE RODOVIAS

A construção de ferrovias é mais importante para o país do que a duplicação ou ampliação da malha rodoviária. Um único trem é capaz de substituir 300 caminhões no transporte de cargas. No Brasil, o transporte a longa distância se dá por meio das rodovias, utilizando as ferrovias para a curta distância e há um custo logístico muito alto em função dessa inversão. Transporta-se de forma errada e a rodovia torna-se estruturalmente mais cara, ignorando os trens que são mais competitivos.
Tal avaliação partiu do presidente da Empresa Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo. Se essa substituição realmente acontecesse, do transporte rodoviário para o ferroviário, a medida iria impactar positivamente os portos e os resultados impressionantes de descongestionamentos nas vias de travessias dos centros urbanos e nas rodovias. E ainda na redução do c custo logístico.
- Temos que construir urgentemente uma malha interior que permita tirar a pressão existente no sistema rodoviário, transferindo a carga com menores custos para o ferroviário, disse Figueiredo.
Em agosto do ano passado, o governo federal lançou o Programa de Investimentos em Logística, que prevê a duplicação rodovias e a construção de ferrovias.
situação da região -
Em Barra Mansa, o trem mineiro que transportava pessoas e materiais do sul de minas para cá e vice-versa (Barra Mansa-Lavras) deixou de circular em 1996 e não há esperança que retorne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário