quinta-feira, 14 de março de 2013

O PAPA É ARGENTINO, PORÉM "DEUS É BRASILEIRO"

O assunto é só este: Habemus Papam! E é gol para os Los hermanos e vitória da Argentina, diriam os mais ligados ao futebol. A primeira coisa que deve ter vindo à cabeça de muitos, foi a rivalidade esportiva existente entre os dois países. Se o papa é argentino, não tem problema, "Deus é brasileiro” – este jargão tão propagado entre os brasileiros. E os que torciam pelo cardeal paulista Odilo Scherer, ou outro dos cinco cardeais que estiveram no Conclave, mesmo de longe, sentiram o gosto da “derrota”, mas, pelo menos, podem comemorar: é um papa latino-americano.
Conforme a Agência Brasil, para o conclave que elegeu o arcebispo de Buenos Aires, Jorge Mário Bergoglio, foram movimentados mais de 5 mil jornalistas na Praça São Pedro, no Vaticano e uma estrutura de Imprensa, que transmite informações em vários idiomas, em tempo real, com um conteúdo divulgado frequentemente em italiano. As informações e imagens também são enviadas pela Rádio Vaticano, o Centro Televisivo Vaticano e o Conselho Pontifício para as Comunicações Socaisda União Europeia da rádio (EBU).

Nenhum comentário:

Postar um comentário