sábado, 7 de maio de 2016

LÍDER DALAI LAMA SE RENDE A TECNOLOGIA E CRIA SITE PARA BUSCA DA PAZ INTERIOR

Dalai Lama e o psicologo Paul Ekman
Foto extraída do Atlas das Emoções - NYT
O The New York Times noticiou, seguido pelo O Globo, que o líder tibetano Dalai Lama admitiu poder através da tecnologia alcançar as pessoas. Para isso, pelo que entendi, ele se rendeu a ela e apesar de não ter muita habilidade com internet e os aplicativos, hoje tão em uso, resolveu criar, de início, um site específico com o objetivo de ajudar as pessoas a achar a paz interior.
Segundo a reportagem, seria um "mapa da mente", conforme foi chamado por ele próprio, que pediu ajuda com o amigo Paul Ekman, psicologo americano que está entre os 100 profissionais da área mais notáveis do mundo. Ekman foi o aconselhador dos criadores do filme "Divertida Mente". da produtora Pixar.
O psicologo, junto com a filha, a doutora Eve Ekman, tentaram criar, para Dalai Lama, um guia interativo para as emoções humanas, que vai fazer com que qualquer pessoa, em conexão com a internet, alcance seu auto conhecimento. Então, surge uma página, como se fosse um atlas das emoções, proposto com Ekma, que compara o mesmo à descoberta da América. No caso, uma mapa para se chegar ao estado de calma. 
-"...O que estamos fazendo não é apenas pelo conhecimento, mas para criar um sr humano feliz. Do humano feliz, vem a família feliz, a comunidade feliz, a humanidade feliz", este é um extrato do pensamento do líder, com pai e filha reunidos, penso eu. 
O projeto da página custou, pelo menos 750 mil dólares, segundo o jornal. Mesmo se rendendo aos avanços, Dalai Lama diz que "a tecnologia é para sua próxima encarnação.
Fonte: The New York Times -

Nenhum comentário:

Postar um comentário