quinta-feira, 10 de julho de 2014

PLACAR 7 a 1 ALEMANHA X BRASIL DISPARA AS REDES SOCIAIS

A vitória de 7 x 1 da Alemanha sobre o Brasil na semifinal da Copa do Mundo, dia 8 de Julho, já ficou marcada. Foi um evento de magnitude sem precedentes nas mídias sociais, quebrando recordes no Twitter e gerando comentários de fãs de futebol por todas as partes do mundo. Com 35.6 milhões de tuítes, o jogo consagrou-se como o evento esportivo mais discutido no Twitter até a presente data.
O gol de Khedira, o quinto da Alemanha, aos 29 minutos do primeiro tempo, quebrou o recorde de tuítes por minuto (TPM), com 580.166 TPM.
A derrota do Brasil também provocou 200 milhões de interações no Facebook, que vieram de 66 milhões de pessoas. Cerca de um quarto dessas interações vieram do Brasil, com 16 milhões de pessoas fazendo 52 milhões de comentários sobre a derrota da seleção brasileira.
Até então, o recorde no Twitter para um evento esportivo, na Copa do Mundo no Brasil foi entre Chile e Brasil, que gerou 389 mil tuítes por minuto.
- Essa Copa do Mundo é o maior evento em mídia social da história, gerando bilhões de interações no Twitter e no Facebook, disse o editor de mídia social do Serviço Mundial da BBC, David Cuen.


Piadas e brincadeiras na rede se
 tornaram 'consolo' para brasileiros

“Nem a fábrica da Volkswagen faz cinco Gols em 30 minutos", diziam alguns. Outros já disparavam que o Brasil estaria de fato "rumo ao hexa" – ou seja, esperando o sexto gol.
Veio o sexto e também o sétimo. No Twitter, Bené B. Sentai (@feliep_) fez uma paródia de uma canção criada por um banco brasileiro para suas propagandas de TV durante a Copa: "mostra tua força Brasil/eutanásia pra nação inteira/tomar uma cartela inteira/de Diazepam e Rivotril".
Regina Célia (@Reginacelia) garantiu que "no momento, a psicóloga da seleção está sendo atendida pela psicóloga reserva". E aludindo à falta de Neymar, o "funcionário Marcelo" (@marceloindaniel) refletiu pelo Twitter: "Se eu soubesse que uma vértebra é tão importante pra uma nação, eu corrigia minha postura."
Outra piada recorrente era a da "TV quebrada", que mostrava apenas um gol do time alemão repetidas vezes. Verônica Tozarini improvisou um placar que mostrava 0 a 0 com papel e colou na TV. A foto da ideia foi usada para "tranquilizar" os amigos: "Não sei o que vocês tão falando, aqui em casa tá normal". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário