quarta-feira, 27 de novembro de 2013

MILIONÁRIOS APÓIAM O AUMENTO DA CARGA TRIBUTÁRIA

Washington - Um país onde o mercado é forte, a economia só cresce se os consumidores tiverem dinheiro. Baseado nesta tese, o bilionário Nick Hanauer luta para aumentar os impostos dos mais ricos. Ele carrega há anos essa bandeira e já escreveu dois livros sobre o assunto. O americano Hanauer não está sozinho nessa: o 4° homem mais rico do mundo, Warren Buffet, e o fundador da empresa Pimco, Bill Gross, compartilham da mesma ideia.
Gross chama os ricos como ele, que insistem nos impostos mais baixos, de “Tio Patinhas”. Ele é a favor das alíquotas maiores nas declarações públicas. Nick Hanauer, dono da empresa virtual Amazon, afirmou que existe um déficit de 900 mil vagas no varejo tradicional, justamente por falta de investimento. 
Segundo ele, o aumento do consumo, com mais pessoas envolvidas na economia de um país, somente é possível com os impostos cobrados dos mais ricos.
“Os investimentos sociais são essenciais e precisam vir, idealmente, dos mais ricos e das empresas lucrativas”. A frase é do bilionário, que diz ter escolhido doar seu tempo e recurso pela causa, com o intuito “focar todos a fazer a coisa certa”. Ele acredita que o gasto com lobby dá resultado, tanto que o salário mínimo de sua região dobrou.
E na discussão por uma carga tributária injusta, a classe média, como professores e médicos, paga mais: de 35% a 39% de impostos sobre sua renda, enquanto milionários não passam dos 15%.

Com base  em reportagem de a Folha de São Paulo -  

Nenhum comentário:

Postar um comentário