domingo, 8 de setembro de 2013

CHUVA MANSA DE NEUSA CANÇADO DE BARRA MANSA

Neusa Cançado é professora de 
História e autora de diversos livros infantis
Conheci a professora Neusa Cançado quando ela e o marido ajudavam nas aulas de reflexões (religião) dos cursos profissionalizantes noturnos do Colégio Verbo Divino de Barra Mansa (CVD/BM). Na ocasião, os dois, junto com outro casal, Fernando e Catarina Chaves, representavam o "staff" católico do CVD/BM,  responsável por belas mensagens e crescimento espiritual dos estudantes.
Muitas aulas e Escaladas (encontro religioso de alunos do CVD), organizadas pelo casal Chaves, com o apoio de Ernesto Caziraghi, diretor do colégio, tiveram o brilho e a presença do casal Cançado.
Abaixo, o texto poético de Neusa Maria de Almeida Cançado, hoje avó.

Pingos de Chuva 
Carinho é como a chuva mansa, que começa a cair e não faz barulho, não passa logo. Molha os telhados, rola suave até o chão e o encharca. O ar fresco. Quando a gente nota que está chovendo, sente frio ligeiro e se alegra... Às vezes a chuva mansa dura horas, até dias, os pingos se sucedem e podem nos molhar.
 Tomar chuva mansa é bom, chuva pesada, também. Tempestade, não assusta. Dá medo! O Tempo, que modifica a natureza, nos ensina que os netos são como os pingos de chuva: chegam de mansinho a nossa vida e nos alegram. Meses depois vêm  nos visitar com seus olhinhos brilhantes, sorrisos angelicais e aos poucos mostram as pérolas que vão surgindo em suas boquinhas e mais tarde abrem os belos sorrisos. Eles crescem, suas vozes em nossos ouvidos parecem música do céu e quando eles nos pedem:
- Vovó, conta uma história!
Parece que temos a idade deles, nos lembramos de nossas avós e nos desmanchamos em histórias... E nós, ansiosos avós, vivemos esperando pelos breves momentos dos pingos de carinho, e eles se vão, crescem, as visitas são muitas.... Nós os acompanhamos até onde podemos. Nos despedimos com beijos, abraços e bênçãos e ficamos banhados em lágrimas de alegria e de saudades...  

Nenhum comentário:

Postar um comentário