segunda-feira, 10 de junho de 2013

FBI E MICROSOFT DESATIVAM REDES ZUMBIS

Por meio de comandos remotos, 5 milhões de domicílios informatizados e agências bancárias foram contaminados por um programa maligno de Keylogging – um software furtivo usado na captura de informações digitadas. A operação visa o roubo de senhas bancárias, dados de cartões de crédito e de conta de clientes que são enviados a servidores controlados por hackers. Essa vasta rede de “computadores zumbis”, como vem sendo chamada, recebiam comandos da botnet Citadel, desativada pelo FMI e Microsoft.
Os usuários de informática de casas e instituições não sabiam que enquanto digitavam no teclado seus dados eram roubados silenciosamente. Conforme reportagem de O Globo, a contaminação foi ainda mais rápida porque os invasores conseguiram introduzir o malware em versões piratas dos sistemas Windows da Microsoft.
Uma ação conjunta de policiais, especialistas do ramo da informática, empresas de tecnologia e instituições bancárias de 80 países conseguiram fechar pelo menos mil, do total de quase 1,5 mil sub-redes. As investigações prosseguem. Muitos não sabem, mas esta operação oficial da Microsoft contra redes zumbis é a sétima. Foram desviados de contas bancárias US$ 500 milhões.

Fonte: Jornal O Globo (Caderno de Economia) - 

Nenhum comentário:

Postar um comentário